HOME DESTAQUE 
MDB confirma apoio a Odilon e juiz declara apoiar Bolsonaro
  Edson Paim,    Sexta, 12 de Outubro de 2018 - 06:19

Juiz aposentado contraria decisão do PDT nacional, que apoia Haddad

10 OUT 2018Por GLAUCEA VACCARI E RENATA VOLPE HADDAD18h:38 Gerson Oliveira / Correio do Estado - Gerson Oliveira / Correio do Estado

Contrariando a decisão do PDT nacional, que apoiará Fernando Haddad no segundo turno das eleições presidenciais, o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT), candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, declarou apoio a Jair Bolsonaro (PSL). Segundo Odilon, a decisão foi tomada por “respeito a família”. Ele vai enfrentar o atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), no segundo turno pelo cargo no Executivo estadual.

A declaração foi dada durante coletiva de imprensa do MDB, que confirmou apoio ao juiz Odilon no segundo turno das eleições estaduais. Conforme Odilon, ele analisou os candidatos à presidência e decidiu declarar apoio ao candidato do PSL “em favor dos direitos morais e em nome do estabelecimento da família”.

Durante a entrevista, o MDB de Mato Grosso do Sul confirmou o apoio ao juiz Odilon, conforma o deputado estadual Júnior Mochi já havia antecipado na manhã de hoje. Mochi foi candidato do partido ao governo e obteve mais de 150 mil votos.

Segundo o deputado, a decisão de apoiar Odilon foi tomada pela maioria da cúpula do partido, por conta do histórico entre o MDB e o PTB, mas os filiados a sigla estão livres para manifestar apoio. “Nos reunimos com o MDB e a maior parte dos membros do partido decidiram apoiar o Odilon. Mas o MDB deixa livre. Se alguém quiser apoiar o Azambuja, não terá problema”, afirmou Mochi.

Recebido com aplausos, Odilon agradeceu o apoio. “Queremos o MDB de figuras como Ramez Tebet e Wilson Barbosa Martins. Acredito que todos os votos do Mocchi virão pra mim, assim como os outros”, disse o juiz.

NACIONAL

O PDT de Ciro Gomes anunciou hoje (10) apoio crítico à candidatura de Fernando Haddad, do PT. A decisão foi tomada em reunião da Executiva Nacional do Partido, em Brasília. O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, ficou no terceiro lugar na disputa, com um total de 13,3 milhões de votos, correspondendo a 12,47% da preferência do eleitorado.


 Fonte:CORREIO DO ESTADO

 Continue lendo matérias relacionadas a esta, clique aqui

   Publicidade:

 As Mais lidas
Quais os alimentos que contém carnosina? (Alexandrie Lasserre)
Corpo de Itamar Franco é cremado em Minas Gerais
Comida certa aumenta a capacidade de raciocínio, aprendizado e memória
A Guavira - Tradição do Cerrado Sul-Mato-Grossense
Casos de dengue dobram em janeiro e Rio entra em alerta

 Notícias Golspel
Isso Que é Viver - Renan Freixes (Hillsong Y&F - This Is Living) Cover
Natal ou Dia de Natal (Wikepédia)
‘Rolava tudo’, diz Thalles sobre vida antes de sucesso na música gospel
Festival Promessas celebra música evangélica no Rio de Janeiro

 Mundo Jovem
'Não mudamos o visual', diz Pe Lu sobre fase menos colorida do Restart
Em clima de histeria, Justin Bieber faz primeiro show no Brasil

Todos direitos reservados a EdsonPaim.com.br ®2010 | Desenvolvido por Dathus.c.rocha